Escolas que se Abraçam
Reunião do Escolas que se Abraçam no MEC

Escolas que se Abraçam se reúne com MEC

Cumprindo agenda em Brasília esta semana, integrantes do programa Escolas que se Abraçam foram recebidos pela secretária nacional de Educação Básica do Ministério da Educação, Kátia Schweickardt. A percepção dela sobre a maturidade da iniciativa é clara: “estamos já desenhando um caminho para escalar o projeto para todo Brasil e para a relação Brasil, África, Portugal e todos os demais países de língua portuguesa”.

Kátia recebeu do prefeito de Conceição do Mato Dentro, José Fernando Aparecido de Oliveira, da secretária de Educação do município, Juliana Rajão, e do coordenador do projeto, o escritor José Santos, livros editados pelo Escolas que se Abraçam. As publicações são compostas por produções literárias e desenhos desenvolvidos pelos estudantes dos países de língua portuguesa que integram o projeto. Um destaque são as cartas, que criam possibilidades de conversa entre estudantes de outras nações (veja aqui a versão digital de todos).

“Estamos muito encantados com o trabalho que o projeto vem fazendo, conectando escolas em prol da língua portuguesa e de uma educação de qualidade, não só Brasil com Portugal, mas também assumindo protagonismo na relação do Brasil com países africanos”, reconhece Kátia, que completa: “acho que o trabalho que Conceição do Mato Dentro vem fazendo é muito inspirador e nós aqui do MEC estamos querendo também abraçar essa iniciativa”.

Além de reuniões no Ministério da Educação, a comitiva esteve em duas embaixadas. Na de Angola, foi recebida pela segunda secretária para Área Política e de Cooperação, Esperança Solange António Mainsel, para discutir avanços nas relações entre os dois países. Já na Embaixada do Timor-Leste, a reunião foi com o embaixador Olímpio Miranda Branco, visando apresentar o Escolas e como o projeto tem buscado se estabelecer no país asiático.